Ads 468x60px

Introdução ao MHDD Drive Diagnostic 4.6

Muitos de nós já tivemos problemas com HD's que não formatavam mais ou que até mesmo nem na BIOS era reconhecido. O MHDD é um software de diagnóstico, ele realiza suas tarefas rapidamente, em torno de 20GB a cada cinco minutos, trazendo diagnósticos precisos de toda a superfície e também das cabeças de leitura, além dos dados armazenados. Sabem os famosos Bad blocks ou Setores defeituosos? Ele os elimina! Esse é um dos principais recursos desse software, pois consegue eliminar completamente esses setores defeituosos que muitas vezes prejudicam o funcionamento de um HD.




Por experiência própria, posso relatar que muitos discos com defeitos descartados por "técnicos" e usuários comuns, possuíam alguma trilha danificada por Bad Blocks, esse defeito é muito comum hoje em dia e digamos fácil de resolve-lo. Por essa razão vamos falar um pouco do MHDD e seu funcionamento.



MHDD Drive Diagnostic 4.6



Onde baixar? Aqui!

Objetivo: Recuperação e Diagnóstico de HD's.

Sistema mínimo suportado:
Intel Pentium ou CPU's compatíveis, 4 megabytes de RAM, MSDOS 6.22 ou superior, sistema de boot (disquete ou cd-rom), controladoras IDE/SATA.

Licença: Freeware.



Pontos Positivos

  • Realiza diagnóstico rápido e preciso das partes mecânicas;

  • Permite reduzir e dividir fisicamente o tamanho do HD;

  • Visualiza atributos e executa os testes SMART;

  • Permite deletar totalmente as informações do HD;

  • Permite acesso a setores de baixo nível;

  • Oferece funções para gerenciar o sistema de segurança do HD;

  • Realiza testes em condições extremas;

  • Cria log das operações realizadas;

  • Recupera os dados de clusters defeituosos.




Pontos Negativos





  • Funciona na maioria das vezes com o HD somente em modo slave.

  • Não espere milagres (hehehe).



Em ação:



1. Como vou exemplificar o MHDD funcionando apartir de um disquete, teremos que cria-lo, no site do desenvolvedor do software já existe um programa que gera automaticamente esse disquete com boot e com o MHDD. O nome do software é Magic Boot Disk v2.0 e pode ser obtido aqui.



2. Depois de baixado, execute-o, e tenha em mãos um disquete formatado para a criação do disco de boot.



Importante:

Entre no disquete e verifique que exista uma pasta MHHD, entre nessa pasta e efetue a descompactação do arquivo mhdd.zip para dentro do mesmo disquete.



3. O próximo passo a fazer, é colocar o nosso HD como Slave no micro, não vou me reter muito neste ponto, pois não é a nossa finalidade, portanto de uma olhada nesse link caso tenha dúvidas de como proceder para coloca-lo em modo Slave. Ou use os comentário que tentarei ajudar! =)



4. Depois do nosso disquete pronto, é hora de iniciar o micro a partir dele. Então verifique na BIOS se o disquete é nossa primeira opção de Boot. Vou dar uma "canja" para vocês, para entrar na BIOS inicie o computador e fique precionando em seguida a tecla delete, geralmente para trocarmos a ordem do setor de inicialização é necessário ir até a aba Boot dentro da BIOS, coloque como primeira opção de boot o disquete, cada fabricante é um caminho diferente estou expondo a forma mais genérica.



5. Quando o disquete começar a iniciar a seguinte opção será mostrada, inicie como segue:







6. Depois de iniciado o sistema teremos que entrar na pasta do MHDD, aquela que verificamos anteriormente:

A:\cd mhdd

A:\MHDD\cd mhdd

A:\MHDD\MHDD\mhdd.exe



7. Neste momento o MHDD vai tentar identificar os Discos instalados no seu computador, no meu caso, ele identificou o Disco Virtual HD 1.1 (em destaque) e o Virtual CD. Selecione a opção desejada digitando o número do Disco a ser diagnosticado.





8. Abaixo a tela de serviço do MHDD, nela que vamos inserir os comandos para a execução dos processo de diagnóstico.





9. Fazer fazer um procedimento simples, para verificar o que nos espera, faremos uma simples varredura no HD para verificar se existem Bad Blocks. Então faça o seguinte, digite scan, logo em seguida vai aparecer uma caixa de opções, não vamos mudar nada nesse momento, somente vamos iniciar o procedimento apertando as teclas CTRL+ENTER ou somente a tecla F4.



Logo depois de alguns segundos o processo de diagnóstico já deve ter começado, semelhante a este:





Bom pessoal o primeiro passo foi dado, na segunda parte veremos como entender melhor a legenda dos erros, e como efetuar procedimentos para salvar aqueles setores inacessíveis.

11 comentários:

Anônimo disse...

Gostei dessa dica. Quando vão postar a outra parte que mostra os comandos de recuperação???

Lucas disse...

Cara! Posta a segunda parte aee! hehehe =p

Anderson disse...

Até agora... FANTÁSTICO!
abraços,
Anderson
www.imoveiseimoveis.com.br

Max Dante disse...

A segunda parte esta no forno.
Esta saindo galera.
Não deixem de participar do Blog!
Abraços

Anônimo disse...

wlw pela dica, ansiosa pela segunda parte

Anônimo disse...

Muito bom o tuto meus parabéns, estou esperando a segunda parte, enquanto isso vou dando uma brincada com uns HDs velhos que tenho aqui em casa.
Abraços

Anônimo disse...

Cara, meus parabens ficou ótimo!!!
Quando sai a segunda parte?

Até mais!!!

Max Dante disse...

Já esta disponível no Blog:

Parte II
http://salvemeusarquivos.blogspot.com/2009/01/mhdd-perguntas-e-respostas-frequentes.html

Perguntas e Respostas
http://salvemeusarquivos.blogspot.com/2009/01/mhdd-perguntas-e-respostas-frequentes.html

Max Dante disse...

Parte II

http://salvemeusarquivos.blogspot.com/2008/12/usando-o-mhdd-drive-diagnostic-46-parte.html

Marcos disse...

Como instalar rodar o MHDD a partir de um pen drive desde ja agradeço. Vlw

Max Dante disse...

Marcos a sua pergunta já esta respondida neste tópico: http://salvemeusarquivos.blogspot.com/2010/09/criar-pendrive-bootavel-com-ms-dos-e.html

 

Colabore

Seus dados foram recuperados? Ajude o site a se manter, faça uma doação de qualquer valor:

Veja bem:


Você vai encontrar muitas dicas de recuperação e segurança de dados. Notícias sobre o que esta acontecendo no mundo na área da segurança de arquivos e recuperação de dados. As últimas ferramentas lançadas para a proteção de seus arquivos bem como a recuperação deles.
Não deixe de participar do blog, expresse sua opinião!

Aproveite ao máximo.